Camisa de Alfaiataria no dia-a-dia

A camisa de alfaiataria é uma peça que é usada com maior frequência em locais de trabalho, ocasiões importantes e ambientes requintados. Mas a algum tempo vemos mais e mais marcas desse setor se destacarem e invadirem o guarda-roupa mesmo da mulher que não precisa usar um look mais sério e social. Temos como exemplo a Dudalina, marca de camisas que bombam por aí.
A peça passou a ser adaptada para diversas ocasiões e a partir do gosto de cada mulher. Saiu dos eventos sérios e dias de trabalho e passaram ao dia-a-dia. Maneiras de combinar a peça não faltam! A camisa compõe um look high-low, estilo que é tão usado.


Sem palavras para a calça jeans né. A peça está no guarda-roupa de todas as mulheres e uma camisa elegante somada a uma calça com lavagem clara ou rasgada resultam numa combinação que pode ser utilizada em diversas ocasiões


Shorts também é uma peça coringa. Modelos sóbrios e elaborados somados a camisas de alfaiataria são ideais para dar um glamour durante o dia, e até mesmo para uma ocasião a noite.

Paulina Rudnicka, Nati Drencseva, Pam Hetlinger e Besugarandspice FV


A saia é muito usada com camisas de alfaiataria. A novidade é a altura dessas saias. As curtas eliminam a noção de ambiente sério e permitem o uso do look em ocasiões do dia-a-dia. Os sapatos usados com a combinação também influenciam bastante no tom do look: sério e casual, por exemplo.

A camisa de alfaiataria não é só para as mulheres que trabalham iguais aos homens, de terno e gravata. A peça, assim como muitas atualmente, tem espaço em qualquer horário da nossa vida, só precisamos fazer as combinações certas. 
Não tenho camisa de alfaiataria mas já experimentei algumas da minha mãe e ainda não encontrei minha combinação para deixar o look mais casual. Preciso experimentar mais e tentar mais combinações para encontrar minha maneira ideal de usar a peça!

Imagens: LookBook

Dica de Livro: Destrua Este Diário


"Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este Diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho. A ideia surgiu quando Smith começou a refletir sobre o início da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.”

Destrua este Diário (Wreck This Journal) é um livro interativo que acabou ganhando grande espaço nas livrarias pelo mundo todo. Ele traz uma coleção de tarefas que os leitores precisam cumprir com a terrível missão de destruí-lo.

Se você caro amigo é como eu que nunca fez sequer uma orelhinha nos seus livros, esse será um grande desafio pra você, mas por experiência própria será um desafio muito divertido e viciante.

No único texto que encontramos em mais duzentas páginas de Destrua este Diário, a autora deixa bem claro: Você não deveria estar lendo esse texto, deveria estar rabiscando, pensando em todos aqueles livros chatos que você foi obrigado a ler na escola, nos cursinhos pré-vestibulares, em toda sua vida. Pense em todos os desenhos que você gostaria de ter feito nas margens dos livros da biblioteca e nunca pode, bom, essa é hora de fazê-los, escape das páginas em branco. Esqueça de seguir página por página, através da sensibilidade de Keri, nós somos motivados a seguir do nosso modo o livro.

Destrua este Diário é um presente para crianças, adolescentes, adultos, velhinhos, pessoas que precisam dar asas a imaginação e fugir da monotonia da vida dentro das páginas soltando sua criatividade.

A proposta do livro é simples, destruí-lo. Então vamos lá, pratique o desapego e solte sua criatividade, afinal como diz a própria autora: "Criar é esculhambar".


Resenha: BB Cream Maybelline


Depois de muito exitar, cedi ao BB Cream da Maybelline. Logo que ele foi lançado não me interessei muito por conta da sua famosa baixíssima cobertura mas ultimamente lembrei que ainda não o havia testado e decidi comprar.

Ele vem em 3 cores: Claro, médio e escuro; em uma embalagem de 30 ml (acho que poderia vir mais) e é 8 em 1: Contém FPS 30, disfarça imperfeições, é Oil Free, suaviza, se adapta ao tom da pele, realça a beleza da pele, hidrata e ilumina.


Ele é um produto bem fininho e o cheiro me lembrou protetor solar. Logo que  testei primeiramente na mão ele sumiu e me pareceu um simples creme hidrataste com uma leve cor. Quando aplicado, ele some!


Mas o resultado na pele é bem interessante: A cobertura é realmente bem baixa e notei uma corzinha, mas realmente deu uma bela unifromizada. Ele não cobriu 100% das minhas olheiras e nem minhas manchinhas de espinhas de primeiro mas depois de mais uma ou duas camadas, a aparência foi melhorando. A vermelhidão das minhas maças diminuiu muito, sem falar deu uma cara de saudável e sensação de hidratação. O resultado é ainda melhor se combinado com corretivo e pó.




Sobre essa característica de Oil Free, não achei lá muito verdade até porque ele é mega hidratante. Tenho o nariz oleoso como várias vezes já disse aqui e o brilho dele ficou mais evidente então aconselho o uso de pó. Espero também que ele não piore a oleosidade da minha pele.
Mesmo a marca não dizendo nada a respeito, não senti meus poros diminuírem.

Me surpreendeu, de verdade. Ele realmente uniformiza a pele de maneira extremamente natural (do tipo passei apenas creme).

A cobertura não é lá muito alta então provavelmente não rola em pele muito manchada; mas se você tem uma pele normal ou seca vale a pena experimentar.

Se uma pele oleosa e/ou com manchinhas ou quer uma cobertura mais perfeita, ainda aconselho o da L'Oreal ( o único ponto negativo dele, como atualizei a pouco tempo, é que ele oxida então se sua pele for muito branquinha como a minha tem que tomar cuidado com a quantidade senão fica com a cara mega amarelada; tanto que foi um dos motivos que tive para testar o da Maybelline)

Paguei R$27,90 (pela quantidade de produto, achei meio carinho).

Espero que tenham gostado!

Beijos



Outros bb creams testados no HS:


Tendências do verão no Teen Choice Awards 2014

O Teen Choice Awards é uma premiação americana de música, filmes, séries e web. A edição deste ano aconteceu no último domigo (10) em Los Angeles. Voltada ao público jovem, que é quem escolhe os vencedores da premiação, os looks do red carpet do evento também tinham uma pegada jovem.
Selecionei os looks que mais me chamaram atenção e que nos indicam algumas tendências de moda, já que o nosso verão está logo aí. Confere!

Taylor Swift, Janel Parrish, Shay Mitchel e Nina Dobrev

Que os croppeds são os queridinhos dos jovens todo mundo sabe. Mas uma premiação lotada de estrelas com o look chama atenção. A peça é trend e continua no próximo verão na nossa vida! Seja com saia longa, de fenda, midi ou shorts, a peça cabe no nosso guarda-roupa.

Sarah Hyland, Lea Michele, Lucy Hale e Italia Ricci

Outro modelo de roupa que marcou presença é o decote bem aberto em V com a alça fina. Me lembra um pouco Spice Girls mas tá aí a moda e não posso negar. Depende do corpo, do gosto, enfim.  A Lea já havia usado um modelo com esse decote no Met Gala e voltou a usá-lo... E Muita gente usou ontem!

Selena Gomez, Debby Ryan e Demi Lovato

Fugindo um pouquinho dos looks a cara do verão 2015, também teve alfaiataria e o querido preto e branco no look das famosas. Ombro marcado e um "quê" mais sóbrio apareceu. A minha surpresa é quem estava vestindo! Selena sempre usa looks glamurosos e esse foge um pouco do padrão. Mas essa fuga que é demais, não?!
Uma premiação como essa é bem mais próxima da nossa realidade, dos fãs e até mesmo pode nos fazer pensar em alguns looks. Nada melhor que um red carpet (na verdade azul!) cheio de tendências que facilmente podem entrar na nossa vida!


Imagens:
E! Online e Just Jared

Achado da semana: Sapatilha florida com pedraria Riachuelo


Vi essa semana em um blog essa sapatilha da Riachuelo e achei maravilhosa! E olha que fui na loja semana passada e não a vi. Confesso que não gosto muito de salto (apesar de achar lindo) e por mais que ame All Star não dispenso uma boa sapatilha

Duas coisas que chamaram muito a atenção: Primeiramente a estampa de cerejeira (nem preciso comentar, né?) e esse detalhe de pedraria lindo e todo colorido! Não é algo que se vê todos os dias em peças mais populares ou até mesmo fast fashions (fica a dica para o pessoal que desenha sapatos).


Ela é o tipo de sapato bem firme e não sai tão facilmente do pé ( as vezes tenho esse problema) e outra coisa que reparei foi que a palmilha dela não é reta, é meio estofada; uma delícia!


Paguei R$ 69,90 nela!



Comprei em uma Riachuelo aqui em Osasco mesmo e creio que seja vendida em todas as lojas da marca.

Espero que tenham gostado!

Beijos